kim walachai produtora de conteudo

Marketing Pessoal: Dicas e Exemplos

A melhor forma de começarmos a falar de Marketing Pessoal é definindo o que é Marketing, que por sua vez, é uma disciplina estratégica de negócios, cujo propósito é aproximar pessoas de empresas, marcas e produtos, com a finalidade de criar condições para que ocorram transações comerciais satisfatórias para ambas as partes.

Sendo assim, o Marketing é um processo ativo da criação e desenvolvimento de produtos, assim como estabelece os caminhos para que esses últimos, sejam adequadamente comunicados e entregues ao consumidor.

Você também pode gostar de ler: “Mulheres Empreendedoras: Histórias que inspiram”

Conceito e exemplos de Marketing Pessoal

Como transferir esse conceito para o Marketing Pessoal?

Tendo como base, a definição primária de Marketing, pode-se dizer que Marketing Pessoal é uma visão de nós mesmos como produto, porém com um objetivo a ser alcançado: a famosa autopromoção.

Exemplo: Pensemos, pois, em uma entrevista de emprego.

Diante da equipe de recrutamento, nós somos verdadeiros vendedores. Estamos vendendo nossos conhecimentos, nosso temperamento e nossas habilidades. É preciso, portanto, que saibamos comunicá-los.

Não obstante, esse momento, na verdade, é apenas uma etapa de um longo processo, que começa por reconhecer oportunidades com as quais nos identifiquemos e nos prepararmos para elas.

Em outras palavras, dedicamos muito tempo investindo em formação e qualificação profissional, além de desenvolvermos um padrão de comportamento que seja adequado à situação e, que nos favoreça na concorrência com outros candidatos.

Em síntese, o Marketing Pessoal está em tudo que fazemos.

Quer outro exemplo?

Quando frequentamos um determinado meio, geralmente, adotamos comportamentos bastante apreciados pelas pessoas daquele ambiente em específico.

Isso inclui o modo de vestir, a forma de se expressar e o interesse por coisas que façam parte da realidade daquele grupo.

kim walachai produtora de conteudo

7 Dicas para Melhorar seu Marketing Pessoal

Há algumas dicas que são universais, não importa em qual situação você tenha que promover a sua imagem.

Então, para deixarmos um pouco as teorias e definições, vamos exercitar um pouco a prática?

#1 – Aprecie e Adote seu Próprio Estilo

Seu estilo é sua marca pessoal e distingue você na multidão.

O modo de se vestir, o jeito de falar, o senso de humor e até o seu conteúdo pessoal são itens que compõem o seu estilo. Portanto, foque em ser quem realmente é, e orgulhe-se disso! Mas, não esqueça que para chegar ao topo, é preciso estar em constante evolução!

#2 – Pratique a Autocrítica

Ouça o que dizem as outras pessoas, mas, preste muito mais atenção ao que diz o espelho.

Nesse sentido, essa dica é uma continuidade da anterior. Lembre-se de que teimosia não é estilo nem personalidade.

Você pode e deve mudar se isso for bom para você, afinal, é preciso ter humildade para reconhecer que todos nós somos imperfeitos e podemos sempre melhorar.

#3 – Explore as Oportunidades

Observe como o mundo é vasto, cheio de conhecimento e experiências esperando por você.

Expanda-se! Estude e procure por conhecimento.

O melhor Marketing Pessoal é aquele que você faz o que diz! E quando você consegue falar de vários assuntos diferentes com alguma propriedade, as pessoas, geralmente, se encantam!

#4 – Cause uma Boa Primeira Impressão

Aquele bordão que diz que, “a primeira impressão é a que fica”, é comprovado cientificamente.

Sendo assim, capriche no visual, não precisa cometer excessos, o que pode parecer forçado e surtir efeito contrário. Mas, seja sempre gentil!

#5 – Cumpra com o Prometido e, se possível, Surpreenda

Da mesma forma que você espera que uma empresa ou produto, cumpram suas promessas de venda, cumpra também as suas.

Em tudo que fizer, não decepcione, pelo contrário, surpreenda oferecendo sempre mais do que foi combinado.

#6 – Cuidado com as Redes Sociais

Evite exposição excessiva, pois nas redes sociais tudo pode ser usado para acabar com a sua reputação.

Sem reputação, acabou o Marketing Pessoal. Por isso, é essencial manter seu relacionamento com as redes sociais saudável e, nunca; jamais, abusivo!

#7 – Esforce-se para Melhorar sua Comunicação

Procure observar se sua forma de se expressar é agradável, se você é claro no que diz e se suas conversas atingem os objetivos. Caso não, ouça mais, aprenda a fazer perguntas e a ficar em silêncio em determinados momentos.

Ainda que ligeiras, essas dicas são essenciais e têm ajudado muita gente por aí!

Lembre-se que, investir em Marketing Pessoal é um o primeiro passo para se tornar um grande profissional!

Esse conteúdo te ajudou de alguma forma?

Deixe seu comentário, pois é muito importante para nós!

Além disso, continue acompanhando nossas publicações aqui no blog!

Um forte abraço e sucesso! 

kim walachai produtora de conteudo
kim walachai produtora de conteudo

Workshop Mídias Sociais com Adobe Creative Cloud 2020

Já pensou em participar de um Workshop Mídias Sociais e Marketing Digital com Adobe Creative Cloud 2020 e de quebra receber um certificado de participação?

A ENG, empresa que realiza treinamentos, licenciamentos de softwares e tecnologias para Comunicação e TI e Educação, e também dá consultorias nas áreas, está oferecendo um Workshop Mídias Sociais e Marketing Digital com Adobe Creative Cloud 2020 em sua sede, localizada em São Paulo.

kim walachai produtora de conteudo

Sobre a ENG

A ENG DTP & Multimídia Ltda. faz parte do Grupo ENG, que por sua vez, também integra a empresa ENG Com Comp Ltda. 

O Grupo ENG foi fundado há 30 anos, com foco em transferência de tecnologias. Em função disso, o grupo conta com parcerias de grandes empresas envolvidas com o setor tecnológico, como por exemplo, a Adobe, Autodesk, Corel, Microsoft e SENCHA. Embora sua sede fique em São Paulo, possui centros operacionais em Brasília, Rio de Janeiro e Curitiba.

Além disso, o Grupo ENG realiza a locação de mão de obra e prestação de serviços com Certificação Profissional em suas áreas atendidas.

De tal forma que, a ENG atende mais de 180 clientes, com ênfase no IMT – Instituto Mauá de Tecnologia, PUC e IF – Institutos Federais de Tecnologia, e diversas Universidades Federais, Estaduais e Municipais.

Sobre o Workshop Mídias Sociais

Com relação ao Workshop Mídias Sociais e Marketing Digital com Adobe CC 2020, a apresentação será detalhada, visando as novidades das tecnologias utilizadas no software.

Dessa forma, será possível conhecer as principais ferramentas e recursos disponíveis para profissionais da área de Marketing Digital e Comunicação no geral.

Por meio do Workshop, espera-se atender profissionais de áreas variadas, como:

  • Criação;
  • Vendas;
  • Publicidade e anúncios.

Com a finalidade de ser o mais completo possível, o seminário também irá incluir soluções para o gerenciamento de mídias digitais, criação de landing pages e prototipagem de layout, a partir de ferramentas do Adobe Photoshop 2020 para mídias sociais e InDesign 2020 para publicações digitais.

Quem participar do evento passará por um tour detalhado das interfaces, podendo visualizar demonstrações de diversas funções, de diferentes painéis. Além disso, conhecerá uma série de técnicas para acelerar e otimizar o trabalho.

Onde e quando?

Ficou interessado(a) então anote em sua agenda os dados sobre o evento:

  • Dia do evento: 19 de fevereiro de 2020
  • Horário: começa às 08:45 (quarta-feira)
  • Local: Auditório ENG/ SP – Rua Alvarenga, 744 – Estação Butantã – Linha Amarela
  • Estacionamento Gratuito no Local

O evento é presencial e a inscrição é obrigatória!

Faça sua inscrição gratuita por aqui!

Não esqueça de retirar seu Certificado de Participação!

Curtiu essa notícia? Então compartilhe esse conteúdo com os amigos e leve todo mundo com você!

kim walachai produtora de conteudo

Como criar Persona sem ter Clientes?

Empreendedor: Provavelmente você já sabe a importância de conhecer o seu público-alvo. Mas, como criar Persona sem ter Clientes? Confira nesse artigo!

Antes de tudo, vamos relembrar o significado de Persona:

Persona é um personagem semifictício que representa o ‘cliente ideal’ de determinado negócio. Ou seja, com base em dados comportamentais, bem como, em características demográficas, uma empresa é capaz de definir estratégias que garantam maior assertividade em suas campanhas de marketing digital.

Dito isso, lembremos também que, é através da Persona que podemos determinar qual será o conteúdo a ser publicado em nossos canais, a fim de atrair pessoas e aumentar as conversões de um negócio.

Portanto, é imprescindível saber como criar uma persona, mesmo sem ter clientes, afinal, talvez o seu negócio esteja apenas começando, não é mesmo?

Nesse hiato, existem alguns meios que facilitam essa criação, mas antes de irmos direto ao ponto, vamos reiterar alguns pontos importantes da criação “tradicional” de Persona.

kim walachai produtora de conteudo

Como criar Persona com Clientes?

O processo de criação de uma persona com base em dados reais de seus clientes, acontece da seguinte maneira:

Desenvolve-se um questionário com perguntas simples, para compreender o comportamento das pessoas e identificar suas principais características com relação a consumo. Dentre as perguntas temos:

  • Qual a idade do indivíduo;
  • Qual o gênero;
  • Se tem filhos;
  • Grau de escolaridade;
  • Ocupação profissional;
  • Média salarial;
  • Razões pelas quais define a compra de um produto;
  • Canais de comunicação que mais utiliza;
  • Quais formatos de conteúdo prefere consumir;
  • Hobbies;
  • E outras.

A quantidade de questões, bem como, o tema de todas elas, pode sofrer pequenas modificações de acordo com o segmento de cada empresa.

Feito isso, a empresa deverá enviar esse questionário para sua base de clientes. O contato pode ser feito via internet ou telefone.

Sendo assim, as respostas deverão ser analisadas e compiladas, dando início a construção da persona ideal.

Por fim, é hora de validar a persona com os times de vendas e marketing, sobretudo, para criar uma nova percepção do que será trabalhado daqui para frente.

Perceba que seguindo esse modelo de pesquisa, cujas respostas são abertas, é possível extrair muita informação de seus clientes, dispensando a necessidade de entrevistar um grande volume de pessoas.

kim walachai produtora de conteudo

Como criar Persona sem ter Clientes?

Decerto, você está aqui porque ainda não possui uma base de clientes consolidada. E fique em paz, pois isso não será um problema para o seu empreendimento.

Entretanto, existem alguns aspectos relevantes para conseguir criar persona sem ter clientes.

A seguir, anote cada um dos principais pilares para a construção de um personagem semifictício para o seu negócio:

Fazer uma pesquisa de marketing

Com o intuito de aprender um pouco mais sobre o seu público-alvo, fazendo dele sua persona, é necessário dar início a uma pesquisa de marketing.

Também podemos chamar esse processo de pesquisa de mercado, contudo, ela abrange praticamente, os princípios básicos do marketing digital.

Das vantagens de trabalhar dessa forma, estão:

  • A pesquisa é mais escalável, o que favorece a grande coleta de respostas, aumentando o volume de dados;
  • Dados qualitativos são combinados com dados quantitativos, resultando em informações relevantes e aprofundadas;
  • Confere uma representação fiel do público, pois segue padrões estatísticos.

Realizar uma pesquisa de análise competitiva

Embora você consiga criar persona sem ter clientes por meio de uma pesquisa de marketing, através da análise competitiva, você também terá bons resultados.

Isso porque, ao analisar os concorrentes, é possível conhecer as palavras-chave utilizadas por eles, a fim de melhorar o seu perfil e direcionar a linguagem do seu negócio para os clientes em potencial.

Para conhecer os termos usados pela concorrência, você pode utilizar sites como:

Em cada um deles aparece um detalhamento das palavras-chave mais buscadas pelos usuários, tanto a nível de volume, quanto a nível de visitas orgânicas nas páginas dos concorrentes.

Pesquisar dados do Google Analytics

Outro meio de criar persona sem ter clientes é através da análise de dados do Google Analytics, do seu site ou de seu blog.

Ao ter suas páginas vinculadas ao Google Analytics é possível descobrir qual o perfil das pessoas que acessam seu site ou blog.

De acordo com a plataforma, você pode conhecer seu público através de informações como:

  • Canal de tráfego – se os usuários estão vindo das mídias sociais, Google e outros;
  • Dados demográficos – qual a média de idade dos visitantes, idioma, qual o gênero, região etc;

Com base em cada informação fornecida pelo Analytics, sua empresa consegue construir um perfil ideal de persona, com base em dados reais e que estão diretamente ligados ao seu negócio.

Agora é só compilar as informações…

Após adquirir todas essas informações coletadas, é hora de compilar todas elas em um só documento.

Documentar os dados é essencial para padronizar o perfil estudado. Afinal, todas as equipes precisam estar alinhadas para que a comunicação seja fluida e natural.

Para realizar essa compilação, você pode seguir a seguinte estratégia:

  • Identifique e anote as características predominantes, como gênero, média de idade, conteúdos que consomem, média salarial etc;
  • Crie uma espécie de ‘ficha fictícia’, com foto, nome idade, ocupação profissional etc;
  • Reúna os times e estabeleça estratégias condizentes com essa identidade que foi traçada.

Agora você já tem em mãos todos os dados relevantes para construir sua persona mesmo sem ter clientes.

Espero ter ajudado! E se ficou com alguma dúvida, deixe seu comentário.

Ah! E não esquece de compartilhar esse artigo em suas redes sociais!

Abraços!

kim walachai produtora de conteudo

Marketing de Conteúdo para Profissionais Liberais

Descubra como o Marketing de Conteúdo para Profissionais Liberais pode ajudar a alavancar o seu negócio e a atrair mais clientes.

Talvez você já tenha um negócio bem estruturado fora da internet. Sobretudo, se você for um dentista, um psicólogo ou um arquiteto. Mas como anda sua prospecção de novos clientes?

Dominar as principais ferramentas de comunicação disponíveis na rede, é um passo essencial para estruturar sua estratégia de Marketing Digital, principalmente, no que diz respeito a atração de clientes.

Convenhamos, para construir uma carreira sólida, é preciso ir além do tradicionalismo adotado por nossos antecessores. Afinal, atualmente os clientes estão navegando no Google e nas mais diversas mídias sociais.

Em função disso, assim como cresce a quantidade de profissionais liberais no país, também cresce a urgência em lidar com essa nova geração. Portanto, é preciso agir!

kim walachai produtora de conteudo

O que é um Profissional Liberal? É o mesmo que Autônomo?

Mas antes de seguirmos com a leitura, você sabe qual a diferença entre profissional liberal e autônomo?

  • Profissional Liberal – Indivíduo que possui formação acadêmica ou técnica, e atua com maior flexibilidade no mercado. Pode ou não, ser empregado de uma organização e assim, receber todos os seus devidos benefícios, bem como, pode trabalhar por conta própria e responder por questões pertinentes ao exercício. Exemplos: Psicólogos, arquitetos, advogados, engenheiros, designers etc.
  • Profissional Autônomo – Não precisa ter formação acadêmica, porém obrigatoriamente presta serviços por conta própria (respondendo a toda e qualquer responsabilidade atribuída ao seu exercício). Não possui vínculo empregatício e pode ser pessoa física ou jurídica.

Ambos precisam arcar com os tributos, porém o profissional liberal também deve arcar com taxas relacionadas a manutenção do sindicato que o representa.

kim walachai produtora de conteudo

Marketing de Conteúdo para Profissionais Liberais funciona?

Ainda que muitas pessoas acreditem que fazer Marketing na internet seja algo apenas para grandes empresas, acredite se quiser, mas o Marketing Digital tem funcionado, sobretudo, para pequenos empreendedores.

Isso porque, através da internet é possível trabalhar estratégias que alavancam os resultados, mesmo se você não tiver um espaço físico para o seu negócio.

Afinal, a internet oferece a incrível possibilidade de ser mundialmente reconhecido sem precisar sair de casa.

Acontece que o marketing tem por definição, utilizar técnicas que melhoram o posicionamento de marcas, produtos e serviços. Portanto, ao saber como utilizar todas elas, você consegue explorar todas as oportunidades pertinentes a essa aplicação.

Sendo assim, está claro que os Marketing de Conteúdo para Profissionais Liberais funciona de verdade! Confira a seguir, como aplicar as estratégias de marketing em seu segmento.

Como funciona o Marketing Digital para Profissional Liberal?

Primeiramente, é importante ressaltar que toda profissão liberal é regulamentada por determinada lei que gerencia diferentes instituições. Como é o caso da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), que dita regras específicas para os profissionais do segmento.

Essa regulamentação define o que cada profissional pode ou não fazer ,como estratégia de marketing para sua área.

Ainda seguindo o exemplo da OAB, fica determinada que os advogados podem criar artigos para blog, a fim de educar a sociedade sobre diversos conceitos da lei.

Contudo, fica expressamente proibida a veiculação de propagandas em rádio ou TV, por exemplo.

Portanto, antes de criar uma estratégia eficaz, o profissional liberal precisa entender o que é permitido em sua profissão.

kim walachai produtora de conteudo

Dicas de Marketing de Conteúdo para Profissionais Liberais

A seguir, selecionamos algumas dicas para você dar os primeiros passos no Marketing de Conteúdo e rumar ao sucesso rapidamente!

Comece pelo Planejamento

Para ter sucesso na internet é preciso construir um bom planejamento de ações. Ou seja, cada etapa trabalhada será direcionada a uma estratégia dentro do seu plano de ação.

A ideia é conduzir o cliente em potencial (visitante do seu site) por meio de movimentos previamente estipulados.

Você pode incluir no planejamento, o que será necessário para manter o conteúdo do blog e redes sociais sempre atualizados, as ações de links patrocinados (anúncios pagos), investimento em profissionais especializados em estratégias de marketing etc.

Produza Conteúdo Regularmente

Quando falamos em Produção de Conteúdo, chegamos a parte fundamental dessa estratégia.

Os profissionais liberais precisam consolidar sua marca no mercado, sobretudo, para atrair clientes e conseguir engajar seu negócio através do Tráfego Orgânico.

O conceito de tráfego orgânico se refere ao ato de atrair visitantes de maneira natural, ou seja, sem precisar investir em anúncios pagos.

Quando você se mantém à frente dos concorrentes no que diz respeito a tráfego orgânico, o Google passa a indicar o seu site, consequentemente os seus serviços, para um número maior de usuários, pois considera a sua marca relevante para a rede.

O resultado disso, é que suas páginas passam a ocupar as primeiras posições do Google, dando a você autoridade no mercado e reconhecimento de marca.

Dentre os conteúdos que você deve produzir para atrair mais clientes, estão:

  • Artigos para blog;
  • Infográficos;
  • Posts para redes sociais;
  • eBooks;
  • Vídeos;
  • Treinamentos;
  • Cursos online.

Vale ressaltar que o formato desse conteúdo tem a ver com a estratégia de cada profissional. Principalmente, no que indica ser um melhor meio de comunicação eficiente para com o seu público específico.

Crie perfis nas Redes Sociais

Se falamos de conteúdo para as redes sociais, você já compreendeu a importância de criar seus perfis profissionais, não é mesmo?

O Instagram e o Facebook, são as melhores opções para educar e encantar a audiência.

Criamos um artigo que ensina como criar uma Fanpage no Facebook (página profissional). Confira!

Segmente seu Público

No Marketing Digital você tem a chance de segmentar o público, e assim, conseguir utilizar uma linguagem clara e objetiva, para pessoas distintas.

Portanto, você pode criar diversas estratégias para diferentes públicos, ou ainda, para diferentes estágios. Chamamos isso de funil de vendas – processo em que definimos em quais etapas da jornada de compra o cliente se encontra. Leia mais sobre Jornada de Compra e Funil de Vendas.

Mensure os Resultados

A maior vantagem do Marketing Digital está na mensuração dos resultados, e o Marketing de Conteúdo te proporciona isso!

Quando você migra suas ações de marketing para a internet, consegue facilmente mensurar os resultados, ou seja, consegue em tempo real, verificar se uma campanha está sendo positiva e lucrativa!

Entenda que no Marketing Tradicional, fica impossível medir os resultados, pois uma propaganda de TV, por exemplo, ainda que seja veiculada em rede aberta para milhares de pessoas, não te oferece a possibilidade de saber quantas conversões foram realizadas através dela.

Já com o Marketing de Conteúdo, você consegue mensurar os resultados a partir de:

  • Retorno sobre Investimento (ROI);
  • Taxa de Conversão;
  • Quantidade de Vendas;
  • Número de leads (pessoas interessadas em seus serviços).

Vale lembrar que muitos profissionais liberais se deixam levar pelo o que chamamos de Métricas da Vaidade, que são:

  • Número de curtidas nas mídias sociais;
  • Número de visitas no blog;
  • Número de visualizações no Youtube.

Apesar de indicarem que o trabalho está alcançando muitas pessoas, nem sempre estão reagindo em novas conversões. Por isso, é preciso ter uma estratégia bem definida, que seja coerente com todos os números relacionados.

Qual o melhor caminho a seguir?

Na verdade, existem muitos meios de se trabalhar o Marketing de Conteúdo, além desses citados anteriormente, você ainda pode:

  • Usar guest posts (publicar artigos em sites de parceiros para mostrar sua autoridade no assunto);
  • Interagir com blogs de outros profissionais do meio;
  • Participar de grupos nas redes sociais, respondendo dúvidas;
  • Enviar emails com newsletter (mensagens semanais com informações relevantes para os clientes;
  • Etc.

Não existe uma fórmula secreta que funcione para todos os Profissionais Liberais, mas com alguns testes e um trabalho contínuo, você alcançará o sucesso com seu negócio digital!

O importante é não desistir e seguir firme. Pois um trabalho bem definido, garante uma estrutura concreta, com uma carreira consolidada e um alto faturamento!

E aí, esse conteúdo te ajudou? Compartilhe com seus colegas de profissão e continue nos acompanhando aqui no site!

Abraços, Kim 🙂

kim walachai produtora de conteudo

Fanpage no Facebook: O que é e como ter uma

A Fanpage no Facebook representa um canal de ligação entre sua empresa e seus clientes. Em outras palavras, ela é uma página destinada a seus fãs, ou seja, seus seguidores – que por sua vez, esperam encontrar nela, dicas e novidades sobre seu empreendimento.

O Facebook é uma das maiores redes sociais do mundo. E diante disso, foi preciso criar diversos recursos para atrair o maior número de pessoas para dentro da rede.

Dentre esses recursos, está a Fanpage – destinada a grandes empresas, personalidades e pequenos empreendimentos, que visam atrair seguidores e aumentar sua legião de fãs.

Para começar a fazer marketing no Facebook, é primordial separar sua página pessoal, da fanpage da sua empresa.

kim walachai produtora de conteudo

O que é uma fanpage?

A Fanpage no Facebook é uma página, cujo objetivo principal, é conectar fãs de determinada empresa, marca ou personalidade.

Milhares de fanpages são criadas diariamente, com o intuito de atrair seguidores para engajar uma página – que pode ter por objetivo, vender mais, aumentar sua autoridade na internet, ou ainda, promover uma ideia, conceito, ideologia etc.

Ademais, a fanpage é um espaço que reúne um grupo de pessoas interessadas pelo mesmo assunto. Ou seja, não existe a necessidade de aprovação prévia para seguir uma fanpage, basta ser atraído pela marca, pessoa ou ideia por trás de sua criação.

kim walachai produtora de conteudo

Como criar uma Fanpage no Facebook?

Primeiramente, acesse o link http://www.facebook.com/pages/create.php. Depois disso, basta escolher a finalidade da página que será criada. Como por exemplo:

  • Marca ou produto;
  • Artista, banda ou figura pública;
  • Entretenimento;
  • Negócios locais ou local;
  • Empresa, organização ou instituição;
  • Causa ou comunidade.

Depois de escolher a categoria principal, você pode elucidar ainda mais seu objetivo por trás da criação da página, adicionando uma subcategoria, a fim de tornar seu negócio ainda mais atrativo na rede.

Por fim, adicione o segmento referente a categoria de sua página e escolha um nome para ela. Conclua a criação seguindo o passo a passo indicado pelo Facebook.

Conclusão

Para melhorar seu posicionamento de marca, aumentar sua autoridade na rede e engajar seu conteúdo, o ideal é criar sua Fanpage no Facebook.

Além disso, lembre-se de criar conteúdo regular e relevante para seus clientes, pois isso é determinante para o sucesso do seu negócio digital.

Ficou com alguma dúvida? Deixe seu comentário! E não esqueça de compartilhar nosso conteúdo em suas redes sociais!

Abraços e muito sucesso 🙂

comprar artigos para blog

O que é Inbound Marketing e como fazer?

Para entender o que é Inbound Marketing é preciso conhecer os pilares do marketing digital. Afinal, esse conceito está atrelado a um conjunto de estratégias que objetivam a atração, conversão e o encantamento de clientes.

O principal fundamento do Inbound Marketing é a criação e disseminação de conteúdo para um determinado grupo de pessoas.

A ideia é conquistar a confiança dos clientes, usando uma comunicação direta, a fim de criar um relacionamento estável e positivo para o desenvolvimento da empresa.

Portanto, no Inbound Marketing é essencial criar mecanismos de atração para encantar os clientes. E isso é feito por meio da criação e entrega de conteúdo relevante para o público.

kim walachai produtora de conteudo

Pilares do Inbound Marketing

Para compreender o que é Inbound Marketing, será necessário conhecer os 3 maiores pilares dessa estratégia:

Marketing de Conteúdo

Produzir conteúdo de qualidade é o primeiro pilar do Inbound Marketing, sendo ele, o mais importante!

Através de publicações em blogs, sites e redes sociais, você é capaz de atrair olhares e transformar visitantes em clientes para o seu negócio.

Portanto, é fundamental conhecer as necessidades e o comportamento do seu público-alvo, sobretudo, da sua persona (cliente em potencial) que possui características específicas voltadas para a oferta dos seus produtos ou serviços.

SEO (Search Engine Optimization)

Em tradução literal, a sigla SEO significa Otimização para Mecanismos de Buscas.

Dentro do Inbound Marketing o SEO reflete na “localização” de sua empresa dentro da internet. Ou seja, através de algumas técnicas de SEO você consegue melhorar o posicionamento do seu site/blog no Google, por exemplo.

Essas técnicas aplicadas em conjunto, garantem o destaque necessário para que muitos usuários encontrem o seu negócio na rede, e esse é o princípio básico do Marketing de Atração.

Redes Sociais

As redes sociais fecham esses 3 pilares essenciais da estratégia, pois através delas, as pessoas se encontram e conseguem interagir com as facetas da sua empresa.

Por isso, para criar envolvimento e aumentar a aproximação entre você e os clientes, é mais do que necessário manter contas ativas nas principais redes sociais.

comprar artigos para blog

Para que serve o Inbound Marketing?

Mas não basta saber o que é Inbound Marketing, pois é preciso conhecer seu potencial e descobrir para que ele serve, não é mesmo?

Existem muitas finalidades, sendo as principais:

  • Aumentar a autoridade da sua marca na rede;
  • Reduzir o custo para captar novos clientes;
  • Atrair clientes em potencial;
  • Oferecer conteúdo relevante que realmente ajude seu público;
  • Otimizar os processos, sobretudo, àqueles relacionados a venda.

Como fazer Inbound Marketing?

Embora pareça ser fácil aplicar as estratégias do Inbound Marketing em seu negócio, decerto é preciso conhecer mais a fundo essa metodologia. Afinal, é preciso acertar na combinação de conteúdo de qualidade + automação, para só então, chegar até o cliente certo!

Para fazer Inbound Marketing é preciso seguir 4 etapas:

1° Atrair tráfego

Para atrair tráfego para suas páginas você precisa combinar conteúdo relevante + SEO + identificação de persona.

Além disso, é preciso conhecer sua persona para atender suas necessidades e responder atentamente suas dúvidas e maiores problemas.

Portanto, crie artigos, vídeos e infográficos que respondam questionamentos importantes.

Outrossim, aplique as estratégias de SEO em suas páginas e otimize suas redes, assim os buscadores irão encontrar sua empresa e indicarão para novos usuários.

2° Converter visitantes em leads

Tendo concluído a primeira etapa com sucesso, é hora de transformar os visitantes em leads.

Para isso, você precisa coletar dados através de landing pages, assinaturas de newsletter, formulário de contato…

Ofereça uma isca digital em troca, pois assim o cliente se sente mais seguro e confortável para deixar seu email com você. Ela pode ser um vídeo, um ebook, um artigo épico etc.

3° Converter leads em clientes

Agora que você já possui leads, é hora de transformá-los em clientes.

Essa etapa é fundamental para garantir o sucesso de toda a estratégia. E para conseguir vender, é preciso identificar em que etapa o seu cliente está nesse momento. Leia nosso artigo sobre a jornada de compra e o funil de vendas e saiba como identificar todas as etapas.

4° Encantar os clientes

Por fim, depois de entender o que é Inbound Marketing, atrair visitantes, transformá-los em leads e clientes, é hora de encantá-los!

O relacionamento pós-vendas é crucial para fidelizar o cliente e mantê-lo lado a lado do seu negócio.

Você pode fazer enviando cartões de aniversário por email, ligando para fazer pesquisa de satisfação, enviando promoções no WhatsApp, cupom de desconto exclusivos etc.

Todas essas etapas definem o conjunto de estratégias que devem ser aplicadas dentro do Marketing de Atração.

E para aplicá-las corretamente, comece sempre pelo conteúdo!

Para isso, conheça nossos Pacotes de Artigos para Blog e aumente suas vendas!

Um forte abraço e até mais 🙂